5 livros para começar a ler Clive Barker

Olá, Freaks!

Vamos falar sobre livros incríveis de um escritor que cria história extremamente aterrorizantes e várias de suas obras foram transformadas em filmes, mais que isso, se tornaram clássicos do terror.

Quer conhecer mais sobre os mundos horripilantes criados pelo Clive Barker? Então vem com a gente que separamos os principais livros para conhecer mais deste autor maravilhoso!!!

Livros de Sangue: Volume 1

Vamos começar com o primeiro volume de um compilado de contos que são muito elogiados e requisitados por todos que adoram as obras do escritor. Livros de Sangue trás histórias de terror, mas também tem um “pezinho” na fantasia. Os contos trazem histórias em cenários contemporâneos onde pessoas comuns acabam se envolvendo em situações aterrorizantes. O mestre do horror visceral tem uma escrita peculiar, provocante e poética, e nos leva a teatros assombrados, estações de trem escuras e vazias, penitenciárias duvidosas e promove encontros que ficarão para sempre na memória dos leitores. Livros de Sangue é um verdadeiro pacto, um mergulho na mente sombria de Clive Barker e nos monstros que moram dentro de nós. 

Hellraiser – Renascido do Inferno

Esse é um dos títulos mais conhecidos do autor, além de ser uma história incrível, o filme que retrata a narrativa é um clássico do terror. Em Hellraiser conhecemos um grupo de servos de Leviatã, que tamanha é sua perversidade que conquistaram um lugar no ranking dos icônicos vilões dos filmes de terror junto com Freddy Krueger e Jason Voorhees. O livro conta a história de um homem obcecado por prazeres pouco convencionais que é tragado para o inferno. Inspirado nas afinidades peculiares do autor, o sadomasoquismo é um tema constante em sua arte.

Evangelho de Sangue: Bem-vindo ao Inferno

Em Evangelho de Sangue vemos o desfecho da história inciada em Hellraiser. Neste livro, o mesmo universo é revisitado, mas agora o detetive Harry D’Amour – personagem presente em contos de o Livros de Sangue – entra na trama para investigar casos sobrenaturais, mágicos e malignos, mas também encarando seus demônios pessoais há anos. Quando ele se depara com uma Caixa das Lamentações seus demônios internos são substituídos por demônios de verdade, conforme ele se vê enredado em um terrível jogo de gato e rato, absolutamente complexo, sangrento e perturbador. Evangelho de Sangue reconduz os leitores ao tempo marcado por dois de seus mais icônicos personagens, que conduzem a história em uma batalha entre o bem e o mal tão antiga quanto o tempo, onde o autor conecta a mitologia de Hellraiser ao Inferno bíblico.

O Desfiladeiro do Medo

O Desfiladeiro do Medo é uma descrição implacável e irresistível de Hollywood e seus demônios, um lugar que transformou Todd Pickett em um astro. O tempo, porém, está lhe cobrando um preço por isso. Ele não tem mais o rosto perfeito do ano anterior. Após uma cirurgia malfeita, Todd precisa de um lugar onde possa esconder-se durante algum tempo, enquanto as cicatrizes desaparecem. Querendo ser momentaneamente esquecido instala-se em uma mansão no Coldheart Canyon, um recanto da cidade tão secreto, que sequer consta nos mapas. Tammy Lauper, presidente de seu fã-clube, chega à cidade de Los Angeles decidida a solucionar o mistério do desaparecimento de Todd. Lá chegando, descobre segredos a respeito do Coldheart Canyon: os espíritos da “Lista A” dos astros e estrelas falecidos de Hollywood que vieram participar de orgias no canyon.

Candyman

Por último, mas não menos importante, temos Candyman, outra obra que ao ser adaptada para o cinema se tornou um clássico. A primeira aparição do personagem que dá o nome ao título aconteceu em 1985 em uma novela literária com o título The Forbidden, publicada em uma das muitas coletâneas do autor. Neste livro conhecemos a lenda de um escravo que foi torturado e morto por se envolver com a filha de seu senhorio, tendo a mão decepada, amarrado e lambuzado de mel para que as abelhas o picassem. Ele então, ao ter seu nome pronunciado cinco vezes na frente de um espelho, volta com um gancho no lugar da mão decepada. É como a nossa famosa “Mulher do Banheiro“. Curiosa sobre a história, a estudante Helen Lyle resolve pesquisar sobre a lenda e acaba entrando em uma saga de terror.

E aí, curtiram as indicações? Conta pra gente quais livros te interessaram mais. E se você já é fã do Clive, deixa nos comentários alguma outra indicação de livro ou conto, vamos amar!!!

Referências: o intuito dessa postagem foi de apresentar os livros de forma bem resumida, por isso, usamos como referência o conhecimento pessoal sobre as obras mesclado as sinopses do site da Amazon: https://amzn.to/32ehDDg

Foto de capa: https://bit.ly/3alj7jB

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *