Neil Gaiman

Hey, Freaks!

Hoje é aniversário de um escritor mundialmente conhecido por suas obras que surpreendem ao misturarem mitologia, fatos reais e ficção para criar universos surreais e personagens incríveis. Estamos falando do Neil Gaiman! Ele coleciona prêmios e honrarias, seus livros e quadrinhos têm se tornado séries e filmes de sucesso. Está ansioso para saber mais sobre ele? Então, vem com a gente!

Neil Richard Gaiman nasceu em Hampshire, no Reino Unido, em 10 de novembro de 1960. Atualmente mora nos Estados Unidos. Seu amor por livros começou na infância, onde adorava as obras de escritores como C.S. Lewis, J.R.R. Tolkien, Edgar Allan Poe, entre outros. Gaiman afirma que as bibliotecas foram fundamentais em sua vida e incentivaram mais ainda sua paixão por leitura:

“Eu não seria quem eu sou sem bibliotecas. Eu era o tipo de criança que devorava livros, e meus momentos mais felizes na infância quando convenci meus pais a me deixarem na biblioteca local a caminho do trabalho e passei o dia lá, descobri que os bibliotecários realmente querem ajudá-lo: eles me ensinaram sobre empréstimos entre bibliotecas.”

Gaiman começou sua carreira como jornalista, foi crítico de quadrinhos e aos 20 anos publicou sua primeira HQ chamada Violent Cases, pela editora Titan. Não demorou e seu talento aflorou para histórias e universos únicos. O seu segundo quadrinho é Orquídea Negra, que conta a história da personagem de mesmo nome, uma heroína que luta contra o crime em Gotham City. Foi publicado pela DC Comics em 1989 e foi a primeira de muitas parcerias que teria com o artista Dave McKean.

Essa parceria foi consagrada com uma das obras mais famosas do autor: Sandman. A pedido da DC, Gaiman pegou o personagem Sandman da Sociedade da Justiça o transformou em uma entidade divina. A série de quadrinhos conta com 75 edições e coleciona vários prêmios, incluindo nove prêmios Will Eisner Comic Industry e três Harvey Awards. Em 1991, Sandman foi o primeiro quadrinho a receber o Prêmio World Fantasy de Melhor Curta, sendo que o prêmio geralmente é dado apenas a obras em prosa.

O primeiro livro que lançou foi uma biografia do Duran Duran e o segundo foi também uma biografia sobre o Douglas Adams, chamado “Não Entre em Pânico: O Guia Oficial do Mochileiro das Galaxias”. Outra obra sua que ficou muito conhecida e coleciona diversos fãs é Coraline, que também acumula prêmios como British Science Fiction Award, The Hugo, The Nebula e The Bram Stoker. A animação feita para os cinemas recebeu uma indicação ao Oscar de 2010 na categoria de “Melhor Animação”, entre outros.

O escritor tem em sua bibliografia um conjunto de títulos que abrange os públicos de todas as idades. Outros de seus livros são: Deuses Americanos, Os Filhos de Anansi, Mitologia Nórdica, que misturam diversas mitologias. Em geral, o seu trabalho o fez colecionar inúmeros prêmios internacionais, incluindo as medalhas Newbery (a maior honra concedida na literatura infantil dos EUA) e Carnegie pelo livro The Graveyard Book (O Livro do Cemitério).

Não é apenas na literatura que Neil Gaiman reúne feitos primorosos, ele co-escreveu o roteiro para Beowulf, de Robert Zemeckis; produziu Stardust, filme baseado em um de seus livros que leva o mesmo nome; dirigiu dois filmes chamados A Short Film About John Bolton (2002) e Sky Television’s Statuesque (2009); entre outras produções.

Para a televisão, o escritor roteirizou para a BBC a série Neverwher, aqui foi lançada com o título Lugar Nenhum. Também para a BBC, ele escreveu o episódio A Esposa do Médico de Doctor Who (2001). A Amazon Prime está produzindo a série Deuses Americanos e produziu Good Omens (Belas Maldições), ambas baseadas em livros de Gaiman com os respectivos nomes.

Em 2000, ele adaptou o anime Princesa Mononoke para o inglês e retornou ao universo de Sandman lançando a obra Os Caçadores de Sonhos com ilustração do designer japonês Yoshitaka Amano.

Uma curiosidade interessante sobre o escritor é que ele já teve uma banda de punk chamada Ex-Execs. O grupo chegou a receber um contrato de uma gravadora, mas Gaiman recusou pois ele achava que iria “ferrar” com a banda e preferiu não seguir como integrante.

Neil Gaiman é patrono de três organizações: a Bookend Trust, uma iniciativa educacional que busca inspirar alunos e suas comunidades com um envolvimento ambiental positivo; a The Open Rights Group, uma organização de campanha digital do Reino Unido que trabalha para proteger os direitos à privacidade e liberdade de expressão online e a The Science Fiction Foundation, uma rede educacional e de pesquisa que tem como objetivo fornecer instalações para todos que desejam estudar ficção científica, investigar e promover a utilidade do gênero literário na educação, entre outras propostas.

Não estranhe que “Sandman” tenha ficado de fora da lista, porque estamos preparando um post especialmente para essa obra. E aí, gostou de conhecer mais sobre esse autor maravilhoso? Diz para gente inclusive se você já leu alguma obra dele!

Referências:

Neil Gaiman Site Oficial: https://bit.ly/2HW9gFh

Revista Galileu: https://glo.bo/36hN0Og

Omelete: https://bit.ly/2UjheuE

Central 42: https://bit.ly/2HYhJbd

Foto de capa: https://bit.ly/2HLBl2h

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *